Notícias e Eventos | 
Notícias
Notícias
XII Olivomoura acolheu LIFE Habitat Lince Abutre
15 Maio 2012


A convite da Câmara Municipal de Moura, estivemos de 10 a 13 de Maio na XII Olivomoura – Feira Nacional de Olivicultura e I Salão de Caça e Pesca, num evento que reuniu uma centena de expositores distribuídos por 3 pavilhões e por onde passaram largas centenas de visitantes.

 
  


Durante esses 4 dias, o Parque Municipal de Feiras e Exposições de Moura ofereceu aos seus visitantes um grande número de actividades ligadas não só ao olival e ao azeite, mas também à caça e outras práticas e tradições locais, com vários concursos e exposições, actuações de grupos corais, colóquios, conversas e tertúlias, onde destacamos um colóquio sobre boas práticas de preservação de olivais antigos, seguido por um percurso pedestre pela ‘Rota das Oliveiras Milenares’, e a tertúlia ‘Estórias de Caça, Pesca e outros Imaginários’.


A Ministra da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território, Assunção Cristas, acompanhada do Presidente da Câmara Municipal de Moura, José Maria Pós-de-Mina, foram os primeiros visitantes do nosso expositor, durante a cerimónia de inauguração da Feira, na quinta-feira à noite.

 
 

 

Nos dias que se seguiram, centenas de pessoas procuraram mais informações junto do expositor e dos técnicos do projecto, ficando a conhecer um pouco mais sobre o lince-ibérico, o abutre-preto e o LIFE Habitat Lince Abutre. Apesar da maioria já ter ouvido falar sobre estas espécies, verificámos um grande desconhecimento por parte da população face às suas características, grau de ameaça e situação populacional actual naquela que é também a sua área geográfica.
Para contrariar esta tendência, muito contribuiu o vasto conjunto de materiais de divulgação (painéis, folhetos, livros) colocados à disposição dos visitantes, com informação útil e sucinta acerca das espécies-alvo, objectivos e medidas concretas do projecto, para além de informação privilegiada veiculada por quem está a trabalhar no terreno para a implementação deste grande projecto.


Na manhã de sábado, realizou-se o II Fórum de Caça, Pesca e Biodiversidade, no decorrer do qual Eduardo Santos e Alfonso Godino, técnicos do LIFE Habitat Lince Abutre, apresentaram a cerca de 60 agentes locais o projecto e as acções de conservação implementadas no município, nomeadamente na Herdade da Contenda (e.g. ninhos artificiais para abutre-preto, campo de alimentação para abutre-preto, cercas eléctricas em torno de pastagens para coelho-bravo, tocas artificiais para lince-ibérico). À entrada do recinto da feira, a título demonstrativo, foi montado numa oliveira um ninho artificial para abutre-preto, um tipo de estrutura que no âmbito do LIFE Habitat Lince Abutre tem sido instalada em azinheiras, sobreiros e pinheiros (árvores utilizadas para nidificação pela espécie) para promover a nidificação na região daquela que é considerada a maior ave de rapina da Europa.


 


Durante todo o evento falámos com gestores cinegéticos, proprietários, guardas de caça, curiosos e turistas. Trocámos opiniões sobre a conservação e gestão dos recursos e a Rede Natura 2000, partilhámos experiências com quem há mais tempo vive e gere aquelas terras e convidámos alguns deles a participarem de uma forma mais activa neste projecto que é de todos.


Mas quem nos exigiu mais atenção, e a devolveu com maior entusiasmo, foi a pequenada. Com a ajuda das personagens Manchas, uma cria de lince-ibérico, e Bui, uma cria de abutre-preto, através do divertidíssimo jogo ‘As aventuras do Manchas e do Bui’ e outras actividades, cerca de uma centena de crianças ficaram a conhecer melhor estas duas espécies e o que está a ser feito para a protecção do seu habitat. O jogo fez tamanho sucesso que não tivemos mãos a medir – esgotámos os prémios de participação e chegámos a invadir os expositores vizinhos com muita animação. Todos queriam um autocolante alusivo a estas espécies colado nas suas t-shirts e, em pouco tempo, por sua iniciativa, tínhamos à volta do expositor várias crianças a explicar aos visitantes mais desatentos quem eram o Bui e o Manchas.


  


 


O nosso objectivo de divulgação e informação das populações locais e dos visitantes do concelho de Moura foi amplamente atingido, pelo que deixamos o nosso sincero agradecimento a toda a comissão organizadora deste evento, nomeadamente à Câmara Municipal de Moura, pelo convite para participação que nos endereçaram, bem como à COMOIPREL, pelo apoio prestado no Salão de Caça e Pesca.