Notícias e Eventos | 
Notícias
Notícias
Instalados os primeiros ninhos artificiais para abutre-preto
1 Março 2011


No passado dia 23 de Fevereiro foi instalado o primeiro de um conjunto de ninhos artificiais para abutre-preto (Aegypius monachus) a construir numa propriedade privada da região de Barrancos com a qual foi recentemente estabelecido um Protocolo de Colaboração no âmbito do LIFE Habitat Lince Abutre.

A primeira fase desta medida consistiu na identificação de áreas que reuniam as características adequadas à nidificação desta espécie, quer em termos do habitat envolvente e condições de tranquilidade, quer de compatibilidade com as actividades humanas existentes na propriedade. Já durante as primeiras semanas de 2011, a equipa do Projecto procedeu à selecção no terreno de árvores (nomeadamente azinheiras Quercus rotundifolia e sobreiros Q. suber) adequadas para o efeito, ou seja com capacidade para suportar os cerca de 200Kg que podem atingir os ninhos destinados àquela que é considerada a maior ave de rapina da Europa, com até 3 metros de envergadura.

Com as árvores previamente seleccionadas, a equipa do CEAI afecta ao projecto deu início à montagem dos ninhos. Cada plataforma do ninho é constituída por 3 colunas ajustáveis, feitas em ferro, que formam o suporte do ninho e sobre a qual assenta um cesto também metálico que irá moldar o ninho propriamente dito. O primeiro passo da instalação desta estrutura consiste em encaixar as peças metálicas e fixar a base da coluna ao solo recorrendo a estacas metálicas. A coluna fica numa posição vertical, encostada ao tronco da árvore e ao qual é igualmente fixa. A altura do cesto do ninho é regulada de forma a ficar ao nível do topo da copa da árvore e sobre esse cesto é colocado material lenhoso (na base) e arbustivo recolhido no local.

Durante o início do mês de Março, a instalação deste conjunto de ninhos artificiais estará concluída, ficando disponíveis para serem ocupados por abutres-pretos que percorrem os céus daquela região. Com estes e outros ninhos artificiais que se irão instalar no decorrer do LIFE Habitat Lince Abutre, espera-se criar condições para a fixação desta importante ave necrófaga, um elemento essencial do ecossistema mediterrânico, em propriedades e zonas de caça com as quais estão a ser estabelecidos protocolos de colaboração.

A equipa do LIFE Habitat Lince Abutre mantê-lo-á informado acerca dos resultados desta medida, incluindo sobre as espécies observadas junto e sobre os ninhos. Fique atento!

Gostaria de participar nesta e outras acções deste Projecto?
Torne-se voluntário! Veja aqui como nos contactar.

 

 

 

 



Sabia que…
 
• A fêmea do abutre-preto realiza a sua postura, quase sempre de 1 ovo, entre Fevereiro e Abril.
• Desde 1970 que o abutre-preto não se reproduz com sucesso na área de intervenção deste Projecto (Sudeste de Portugal).
• O abutre-preto é útil ao Homem, removendo do campo cadáveres de animais silvestres e domésticos de forma eficaz e segura.
• Os factores limitantes para o estabelecimento e reprodução do abutre-preto em Portugal incluem a falta de locais adequados à construção de ninhos, a perturbação em períodos críticos do seu ciclo reprodutor e a escassez de recursos alimentares. Todos estes factores serão mitigados com a implementação de medidas específicas previstas neste Projecto e com a colaboração dos proprietários, gestores e caçadores no terreno.
 


Abutres-pretos Aegypius monachus (à esquerda) e um grifo Gyps fulvus (à direita)