Notícias e Eventos | 
Notícias
Notícias
Abutre-preto volta a nidificar no Sul de Portugal
27 Março 2015


 COMUNICADO DE IMPRENSA


 
Abutre-preto volta a nidificar no Sul de Portugal



Dois casais de abutre-preto iniciaram a nidificação na Herdade da Contenda, no concelho de Moura, em ninhos artificiais instalados pelo projecto LIFE “Habitat Lince Abutre”. Este poderá ser o primeiro passo no restabelecimento de um núcleo reprodutor desta ave no Alentejo após várias décadas sem se reproduzir na região.
Estes dois casais reprodutores de abutre-preto foram detectados em resultado da monitorização das plataformas artificiais de nidificação efectuada pela Liga para a Protecção Natureza (LPN) e na sequência do esforço de conservação levado a cabo pelo projecto LIFE “Habitat Lince Abutre”, concluído em Setembro de 2014. A nidificação desta espécie Criticamente em Perigo de extinção, nesta região, foi possível em resultado das medidas implementadas no âmbito deste projecto e da indispensável colaboração da Herdade da Contenda, Empresa Municipal (E. M.), assim como da adequada gestão da área promovida por esta entidade. 
Numa visita recentemente realizada, foi registada a instalação de dois casais de abutre-preto em dois dos ninhos artificiais implementados por este projecto no concelho Moura, tendo sido possível confirmar a presença de um exemplar desta espécie em incubação num destes ninhos e a deposição de material de revestimento noutro, correspondendo assim ao início do desejado restabelecimento de uma colónia reprodutora no Alentejo. 
Após mais de quarenta anos sem reprodução confirmada a sul do Rio Tejo em Portugal, tendo neste período apenas sido registada uma tentativa de nidificação (falhada) há cerca de vinte anos (igualmente na Herdade da Contenda, em 1996), a ocupação destes dois ninhos artificiais representa um sucesso das medidas implementadas no âmbito do projecto LIFE “Habitat Lince Abutre” e um importante marco na conservação do abutre-preto em território nacional.
Recorde-se que o abutre-preto regressou como reprodutor a Portugal em 2010 (na região do Tejo Internacional) e que actualmente se encontra a nidificar apenas no Tejo Internacional (cerca de 12 casais) e no Douro Internacional (1 casal), podendo a presente nidificação constituir o estabelecimento do terceiro núcleo reprodutor da espécie no país. 
No início de 2012 o projecto LIFE-Natureza “Habitat Lince Abutre” instalou 12 ninhos artificiais para abutre-preto na Herdade da Contenda, de entre um total de 30 instalados nas regiões de Moura, Mourão e Barrancos e do Vale do Guadiana, com vista a melhorar as condições para o estabelecimento e reprodução desta espécie. Esta medida, assim como outras realizadas, enquadra-se no Protocolo de Parceria estabelecido entre este projecto LIFE e a Herdade da Contenda, E. M..
Para além destas medidas, foi também criada uma rede de campos de alimentação para aves necrófagas na área de implementação do projecto, dirigida ao abutre-preto, bem como um conjunto mais vasto de medidas de conservação do lince-ibérico e dos habitats destas duas espécies (incluindo a sensibilização e envolvimento das comunidades locais), num investimento de cerca de 2.250.000 euros ao abrigo do Programa LIFE-Natureza.
A Herdade da Contenda é propriedade do Município de Moura e é gerida pela Herdade da Contenda, E. M.. De reconhecido valor natural, cénico e cinegético, corresponde a uma área com uma importância fundamental na conservação da biodiversidade da região. Desde há longos anos Zona de Caça Nacional e Perímetro Florestal, a Herdade da Contenda é parte integrante e essencial para o equilíbrio ecológico da Rede Natura 2000 na margem esquerda do Guadiana. 
Durante os próximos meses a LPN continuará a fazer a monitorização dos ninhos ocupados pelo abutre-preto, em colaboração com a Herdade da Contenda, E. M., tendo permanentemente em atenção a necessária compatibilização com as restantes actividades em curso na propriedade, como sejam a caça, a silvicultura, o ecoturismo ou o usufruto pelas comunidades locais.
No seguimento do projecto LIFE “Habitat Lince Abutre” e em colaboração com proprietários, gestores, agricultores e caçadores, a LPN espera continuar a contribuir significativamente para a conservação do abutre-preto, do lince-ibérico e da paisagem que os abriga.

O projecto LIFE "Promoção do Habitat do Lince-ibérico e do Abutre-preto no Sudeste de Portugal" (de acrónimo “Habitat Lince Abutre”) visou contribuir para a melhoria das condições de sobrevivência e reprodução do lince-ibérico e do abutre-preto, duas espécies classificadas como Criticamente em Perigo e com importantes funções no ecossistema no Sudeste de Portugal, beneficiando ainda outras espécies ameaçadas de extinção. Este projecto foi coordenado pela LPN e teve como beneficiários associados diversas instituições públicas e privadas, designadamente o Centro de Estudos da Avifauna Ibérica (CEAI), a Associação Nacional de Proprietários Rurais, Gestão Cinegética e Biodiversidade (ANPC), a Associação dos Jovens Agricultores de Moura (AJAM), a Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV), o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e o Centro de Investigação e Intervenção Social (CIS / ISCTE-IUL). Contou ainda com a Fauna & Flora International (FFI) e o ICNF como co-financiadores. Tendo decorrido entre Janeiro de 2010 e Setembro de 2014, este projecto foi co-financiado a 75% pelo Programa LIFE-Natureza da Comissão Europeia.


Para mais informações sobre o projecto LIFE “Habitat Lince Abutre” e para aceder a toda a documentação disponível, visite http://habitatlinceabutre.lpn.pt 


Para mais informações:

Eduardo Santos, LPN – 964 119 504


Lisboa, 27 de Março de 2015