Notícias e Eventos | 
Notícias
Notícias
Projecto leva o tema da conservação do Abutre-preto à FCUL
1 Maio 2015


O desafio partiu do professor de Ecologia e Conservação de Aves, do Mestrado em Biologia da Conservação da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, e o objectivo consistiu em dar a conhecer o trabalho desenvolvido pela LPN na conservação do abutre-preto.





Criticamente em Perigo em Portugal, esta espécie necrófaga tem sido alvo dos esforços de conservação da LPN desde 2010, altura em que se deu início ao Projecto LIFE Habitat Lince Abutre, com vista à promoção do habitat do abutre-preto e do lince-ibérico no Sudeste de Portugal.

Cinco anos permitiram recolher muita informação sobre a situação populacional desta espécie nas regiões de Mourão, Moura e Barrancos e do Vale do Guadiana. Implementaram-se diversas medidas de conservação, incluindo a primeira rede de campos de alimentação para aves necrófagas do Sul de Portugal e a construção de plataformas artificiais para nidificação. Estabeleceram-se importantes sinergias com agentes locais, nomeadamente proprietários, criadores de gado e gestores cinegéticos, com vista à recuperação e conservação do habitat de alimentação e nidificação desta espécie. Recolheram-se dados importantes de animais capturados fotograficamente na rede de campos de alimentação, inclusivamente de outras espécies com hábitos necrófagos que também beneficiaram da presença destas estruturas de alimentação suplementar, como foi o caso do abutre do Egipto, da águia-imperial-ibérica e até do grifo de Rüppell, um abutre que tem como área de distribuição a África subsaariana. Conseguiu-se ainda que o abutre-preto voltasse a nidificar no Alentejo, usando plataformas construídas por este projecto.

Foram estes alguns dos resultados que o coordenador do agora concluído LIFE Habitat Lince Abutre deu a conhecer no passado dia 24 de Abril numa palestra aos 21 alunos da disciplina de Ecologia e Conservação de Aves, e que se esperam inspiradores para estes futuros conservacionistas.