Notícias e Eventos | 
Notícias
Notícias
Abutre-preto continua a recuperar no Alentejo!
27 Junho 2016


Em 2016, durante a presente época de reprodução do abutre-preto, voltaram a nidificar vários casais desta espécie no Alentejo, usufruindo dos ninhos artificiais instalados pelo projeto LIFE Habitat Lince Abutre na Herdade da Contenda, concelho de Moura. Tal como no ano passado, um desses casais incubou com sucesso um ovo, tendo nascido mais uma cria de abutre-preto, dando assim continuidade ao restabelecimento de um núcleo reprodutor desta ave no Sul de Portugal.


 

Cria de abutre-preto após a sua anilhagem no ninho artificial, na Herdade da Contenda. 
Autoria Carlos Pacheco




Na sequência da monitorização efectuada pela Liga para a Protecção Natureza (LPN) em colaboração com a Herdade da Contenda, Empresa Municipal (E. M.) dos quatro casais nidificantes de abutre-preto detectados no passado mês de Março naquela Herdade, no concelho de Moura, foi confirmado o nascimento de uma cria de abutre-preto, a segunda desde que em 2015 a espécie voltou a reproduzir-se no Alentejo, após mais de quarenta anos sem reprodução confirmada a sul do Rio Tejo em Portugal. Este é um resultado muito encorajador com vista ao desejado restabelecimento de um núcleo reprodutor desta ave na região, tendo sido possível, sobretudo, em consequência das medidas implementadas no âmbito do projeto LIFE Habitat Lince Abutre, coordenado pela LPN, e da indispensável colaboração da Herdade da Contenda, E. M., assim como da adequada gestão da área promovida por esta entidade.

De salientar ainda que, recentemente e na presença do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, esta cria de abutre-preto, atualmente com quase de 3 meses de idade, foi marcada com uma anilha PVC vermelha com código em branco (7K), o que permitirá posteriormente identificá-la quando deixar o ninho. Em resultado desse procedimento e mediante uma análise genética entretanto efetuada para determinar o seu sexo, foi possível confirmar tratar-se de um macho, que se encontra em perfeitas condições físicas e que se deverá ainda manter no ninho durante as próximas semanas, até que adquira a capacidade de voar.

Os abutres são extremamente importantes para manter a sanidade dos ecossistemas, estando no entanto ameaçados de extinção em Portugal (tal como acontece com o abutre-preto, classificado no nosso país como Criticamente em Perigo) e sujeitos a diversas ameaças à sua sobrevivência, a maioria de origem humana, de onde se destacam o envenenamento ilegal e a escassa disponibilidade de alimento.

Recorde-se que o abutre-preto regressou como reprodutor a Portugal em 2010 (na região do Tejo Internacional) e que atualmente se encontra a nidificar apenas no Tejo Internacional (cerca de 15 casais) e no Douro Internacional (1 casal), tendo começado a nidificar também no Alentejo no passado ano, como já referido. 

Esperamos em breve poder observar mais esta cria a voar pelos céus do Alentejo.
Se detetar este abutre-preto, por favor não hesite em contactar!





SOBRE A HERDADE DA CONTENDA

A Herdade da Contenda é propriedade do Município de Moura e é gerida pela Herdade da Contenda, E. M.. De reconhecido valor natural, cénico e cinegético, corresponde a uma área com uma importância fundamental na conservação da biodiversidade da região. Desde há longos anos Zona de Caça Nacional e Perímetro Florestal, a Herdade da Contenda é parte integrante e essencial para o equilíbrio ecológico da Rede Natura 2000 na margem esquerda do Guadiana. As ações de conservação que proporcionaram a presente reprodução do abutre-preto enquadram-se no Protocolo de Parceria estabelecido entre o projeto LIFE-Natureza “Habitat Lince Abutre” (coordenado pela LPN) e a Herdade da Contenda, E. M.. |
http://herdadedacontenda.pt/

SOBRE A LPN – LIGA PARA A PROTECÇÃO DA NATUREZA

A LPN é uma Organização Não Governamental de Ambiente (ONGA), de âmbito nacional, fundada em 1948, sendo a associação de defesa do ambiente mais antiga da Península Ibérica. A LPN assume como missão contribuir para a conservação do Património Natural, da diversidade das espécies e dos ecossistemas e a defesa do Ambiente, numa perspetiva de desenvolvimento sustentável, que assegure qualidade de vida às gerações presentes e vindouras. |
www.lpn.pt